Iniciativas sobre biometria garantem dois prêmios ao Tribunal Eleitoral do Ceará

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) é o vencedor de duas categorias no 18º Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. O projeto “Cordel da Biometria” venceu na categoria Mídia Social e na Campanha Institucional de Interesse Público com o projeto “Biometria Tricolor”, feito em parceria com a equipe de marketing do Fortaleza Esporte Clube.

O prêmio reconhece os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação dos órgãos do sistema de Justiça brasileiro e foi entregue na sexta-feira (16/10), no encerramento virtual do 18º Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom). Com a premiação, a Assessoria de Imprensa, Comunicação Social e Cerimonial do TRE-CE alcança um feito inédito em sua história.

Ao todo, foram 199 trabalhos inscritos entre 13 categorias. Em Mídia Social, o TRE-CE concorreu com mais 26 trabalhos. Já na categoria de Campanha Institucional de Interesse Público, foram 22 projetos participantes. As duas categorias foram as mais disputadas em número de inscritos. O concurso contou com a participação de 43 instituições que integram o Sistema de Justiça de todo o Brasil.

“Os dois projetos foram desenvolvidos no momento mais desafiador da comunicação da Justiça Eleitoral no Ceará até agora. Na campanha de cadastramento biométrico, buscamos estratégias de divulgação, engajamento e convencimento dos eleitores, especialmente, os de Fortaleza, para a necessidade de comparecimento aos postos de atendimento. Nos dois cases, procuramos trabalhar a inovação e a empatia. Foi lindo ver o envolvimento da equipe e a parceria de sucesso com o Fortaleza Esporte Clube, a quem externo nossa gratidão por todo o apoio. Nossos agradecimentos também à gestão do TRE-CE pela confiança”, comemora a assessora de comunicação Aline Martins.

Biometria Tricolor

O TRE-CE procurou o time do Fortaleza para desenvolver em conjunto campanha voltada aos torcedores do Leão. O projeto Biometria Tricolor consistiu em abordagem aos torcedores/eleitores nas redes sociais do Fortaleza Esporte Clube e ação em jogo do Campeonato Brasileiro. Com base no conceito “para identificar, só o nome não basta”, foram desenvolvidas diversas ações.

Na madrugada do dia 1º de novembro de 2019, foi retirada toda a identidade visual do clube, nas redes sociais, despertando a curiosidade da torcida, que reagiu instantaneamente. Na revelação, foi mostrado que só o nome não é suficiente para identificar algo. Também foi reforçado o conceito com filmes que mostravam o nome verdadeiro dos jogadores, normalmente, conhecidos pelo apelido.

A campanha contou ainda com ação, no dia 2 de novembro de 2019, no jogo do Campeonato Brasileiro entre Fortaleza e Atlético Mineiro, em que a escalação do time local, exibida nos telões do estádio Castelão e narrada, foi feita com os nomes verdadeiros dos jogadores e, na imagem, o verso de um RG. As ações tiveram custo zero, pois foram utilizadas redes sociais e a estrutura do estádio no dia do jogo.

Cordel da Biometria

Com o mote “Não deixe o cadastramento biométrico para a última hora” e muito talento, a secretária da Corregedoria eleitoral e cordelista, Cecília Arruda, elaborou versos e rimas para contar uma estória engraçada e importante. O vídeo Cordel da Biometria ganhou a narração da coordenadora de administração do cadastro eleitoral, Lorena Belo. O material circulou nas mídias sociais do tribunal e mostrou que o regional e o universal caminham juntos.

Fonte: TRE-CE

The post Iniciativas sobre biometria garantem dois prêmios ao Tribunal Eleitoral do Ceará appeared first on Portal CNJ.